Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT
eeg.jpg  
A Escola de Arquitetura, Arte e Design (EAAD)  lançou no 2º semestre do ano letivo 2020/2021, a nova edição do seu Programa Doutoral em Arquitetura. A​s candidaturas decorreram de 7 a 18 de Dezembro. 
 
Com uma vocação interdisciplinar, esta edição 2020/2021 do Programa Doutoral pretende questionar e repensar a arquitetura para além dos seus limites, como exercício comprometido com as problemáticas contemporâneas, dando continuidade ao trabalho iniciado na edição de 2019/2020. Desta forma, abre mais uma vez numa área transversal às três áreas de especialidade do Programa Doutoral: Cidade e Território, Construção e Tecnologia e Cultura Arquitetónica, Não chega fazer "para", é necessário fazer "com": com as pessoas, com a terra e a água, com o prosaico e com o erudito. Isto implica um repto enorme, tanto para a academia, como para os candidatos que desejem estar comprometidos nesta mudança. Desta forma, o doutoramento abraça os objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas (ODS) para a transformação o nosso mundo”, afirma Cidália Silva, Diretora do Programa e Professora Auxiliar da EAAD. 

Os alunos a frequentar este curso de Doutoramento da EAAD integram o Laboratório de Paisagens, Património e Território (Lab2PT), unidade de I&D classificada como ‘Excelente’ pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT). (http://www.lab2pt.net/).
 
De forma a cumprir os seus objetivos, a edição de 2020/2021 deste curso conta com o apoio de reputados investigadores de diversas áreas disciplinares, da a filosofia à psiquiatria, passando pela arqueologia, geografia, engenharia, história e sociologia da infância, incluindo necessariamente a arquitetura, com um convidado de cada área de especialidade do curso.





 
 
 O corpo docente desta edição integra um painel de prestigiados investigadores internacionais, dos quais, nesta fase, se destacam apenas os internos à UMinho: 
 
  • Bruno Figueiredo (Lab2PT/ EAAD - UM), “A Integração de Tecnologias Digitais na Arquitetura e Construção”, Ciência ID - B21C-AEB4-3CD6. 
  • Fátima Ferreira e Francisco Mendes (Lab2PT/Departamento de História - UM), “A Inscrição Arquitetónica do Tempo Histórico: 2.0 Hipóteses em 21”, ORCID - 0000-0002-6669-9729, 0000-0002-2366-3312 
  • Francisco Ferreira (Lab2PT/EAAD - UM), “Cidade, Cinema, Arquitetura”, https://www.arquitetura.uminho.pt/pt/Escola/Paginas/Pessoas.aspx 
  • Goran Putnik (ALGORITMI/EE -UM), “Integração da produção na arquitetura e urbanismo. Industria 4.0”, ORCID - 0000-0003-3378-6866 
  • Helena Carvalho (Lab2PT/Departamento de História - UM), “Arqueologia da Paisagem”, Ciência ID - FF13-182D-674E 
  • João Sarmento (CECS, Departamento de Geografia - UM), “A Violência, o território, e a durabilidade imperial”, Ciência ID - 4410-455D-C0F0, https://sites.google.com/view/jsar/ 
  • Marta Labastida (Lab2PT/EAAD - UM), “Paisagem Próxima”, Ciência ID - 4416-F004-409F 
  • Natália Fernandes (CIEC, IE - UM), “Investigação Participativa com Crianças”, Ciência ID - F11F-1180-3A6A 
  • Pedro Morgado (ICVS/EM – UM) “Saúde Mental, Urbanismo e Arquitetura - da normalidade à pandemia”, Ciência ID - E217-6873-2F4F.
  • Vítor Moura (GIARTES/ILCH - UM), “Arquitetura como Experiência”, Ciência ID - D41C-A7EC-6695

​​​​​​​​​​​​​​​​​​

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

​​